Quando a vida se torna Vaidade.


Texto base: Ec 1.2- Vaidade de vaidades ! Diz o pregador vaidade de vaidades ! É tudo vaidade.

O homem nasce com a sede do saber e com arte do aprender, e com está sede e está arte desde de muito cedo o homem tende a buscar o verdadeiro sentido da sua vida, aquilo vai lhe dar prazer pleno ou realização plena. Bom o fato é que desde muito jovem o homem tem essa sede e empreende está busca incessante pelo verdadeiro sentido da vida ;
Com Salomão não foi diferente, desde muito jovem ele tentou se realizar das mais diversas formas, buscou o sentido da vida das mais variadas formas, e encontramos está constatação nos capítulos um, dois e três do livro de eclesiastes quando ele chaga em um ponto da vida em que ele para e faz uma análise de como foi e como tem sido a sua vida:

Ec 1 3-9- Que vantagem tem o homem de todo o seu trabalho, que ele faz debaixo do sol? Uma garação vai e a outra geração vem, mas a terra permanece para sempre. E nasce o sol, e põe-se o sol, e volta para o seu lugar, de onde nasceu. O vento vai para o sul e faz o seu giro para o norte; continuamente vai girando o vento e volta fazendo os seus circuitos. Todos os ribeiros vão para o mar, e , contudo o mar não se enche; para o lugar para onde os ribeiros vão, para aí tornam eles a ir. Todas essas coisa se cansam tanto, que ninguém o pode declarar; oa olhos não se fartam de ver, nem os ouvidos de ouvir. O que foi, isso é o que há de ser; e o que fez, isso se tornará a fazer; de modo que nada há novo debaixo do sol.
Em outras palavras Salomão diz que vida é cheia de mesmice, é um marasmo, é sempre a mesma coisa. E cansado desse marasmo todo Salomão foi buscar o sentido da vida nas coisas da terra:

Ec 2 1-2-
Disse eu no emu coração: Ora,vem, eu te provarei com alegria: portanto, goza o prazer; mas eis que isso também era vaidade. Do riso disse está doido: e da alegria: de que me serve está?
Salomão tentou encontar o sentido da vida nas festas, nos bailes, no carnaval, nas multidões, no som alto até altas horas, porém chega um momento em que o baile acaba, o som desliga, as multidões se vão e só resta você e as suas lamurias. Isso aconteceu com Salomão e por isso diz: Do riso está doido! Porque está alegria momentânea e passageira é loucura não preenche a alma, não da sentido a vida.

Mas Salomão continua tentado encontrar o sentido da vida...

Ec 2.3-
Busquei no meu coração como me daria o vinho...
Agora Salomão busca alegria e o sentido da vida nas bebidas, ele começa a se embriagar e fazer uso cada vez mais, porém tem uma hora em que o efeito do alcool e da bebida passa, e só o que resta é arrependimento e tristeza. Porque o as babidas não trazem sentido pra vida e nem alegria!

Mas Salomão continua tentando encontrar o sentido da vida ...

Ec 2.4-6-
Fiz para mim obras magníficas; edifiquei para mim casas; plantei para mim vinhas. Fiz para mim tanques de águas, para regar com eles o bosque em que reverdeciam as árvores. Adiquiri servos e servas e tive servos nascidos em casa; também tive grande possessão entre vacas e ovelhas, mais do que todos os que houve antes de mim em Jerusalém.
Nesta fase da vida Salomão tente encontrar o sentido da vida no trabalho, nas construções, nas grandes plantações, e com o acúmulo cada vez maior de servos e servas e como se isso não bastace agora ele também bate recordes de posse de cabeças de bois e ovelhas em jerusalém, mas nada disso trouxe sentido pra sua vida!

Mas Salomão continua tentando encontar o sentido da vida...

Ec 2.8-
E amontoei para mim prata, e ouro, e jóias, de reise das províncias; provi-me de cantores, e de cantoras e das delicias dos filhos dos homens e de intrumento de música de toda sorte.
Agora Salomão tenta encontrar o sentido da vida no acúmulo de prata e ouro e jóias, mas não encontra. Ele também tenta nas artes e na música que apesar se serem belas não trazem sentido a vida!
Salomão não se contenta e tenta encontar o sentido da vida nas paixões, no sexo e no prazer, diz a bíblia que ele teve setecentas mulheres e trazentas concubinas, mas nada disso trouxe sentido a sua vida até que ele escreve o capítulo três e o verso quatorze a parte A do vercículo que diz
Um grande filósofo serta vez também leu este texto e concluiu que todo homem tem um buraco dentro de sí do tamanho de Deus. ( Tolstoieviskc).
Meu Irmão só Deus pode dar sentido a vida , a existencia, ao prazer e a alegria não permita que a sua vida se torne vaidade vivendo apenas para coisas naturais e passageiras, mas deixe Deus ser absoluto na sua vida, e trazer o verdadeiro sentido da vida pra você, chega de viver esse marasmo de todo dia a mesma coisa, deixe Deus surpreender você a todo instante, guiar a sua vida, te proteger e abnençõar em nome de Jesus!
Amém!
(eu sei que tudo quanto Deus fez dura eternamente) que no original quer dizer que quando Deus criou o homem Deus colocou dentro do homem o desejo da eternidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Isaque e a arte de cavar poços no deserto

Porque Deus permite o Diabo tocar nos seus !

Os 7 Mergulhos de Naamã.