segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O Apóstolo João.

O apóstolo João era conhecido como "o discípulo amado de Jesus". Foi o autor do quarto Evangelho no Novo Testamento. Também escreveu três epístolas (cartas a outros cristãos) e o livro do Apocalipse.O apóstolo João gozava de alta reputação entre os cristãos e sua influência tem sido sentida através dos séculos. Embora muitos cristãos o respeitem, não sabemos muito de sua vida. Quando a Bíblia fala de João, ele está sempre acompanhado de Pedro ou Tiago. E mesmo quando a Bíblia menciona João e Pedro, é quase sempre Pedro que está falando. Por isso é difícil termos um quadro completo de como foi a vida de João. Entretanto, juntando-se diferentes histórias do Novo Testamento, podemos ter uma idéia melhor sobre a vida do "discípulo que Jesus amava".

JOÃO NOS EVANGELHOS SINÓTICOS

Os Evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos e Lucas) nos dão a maioria das informações biográficas que temos sobre João. O nome do pai de João era Zebedeu e João tinha um irmão chamado Tiago (Mateus 4:21). O Evangelho de Mateus nos conta que Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago e José, e "a mãe dos filhos de Zebedeu" estavam presentes na morte de Cristo (27:56). O Evangelho de Marcos também cita três mulheres: Maria Madalena, Maria mãe de Tiago, e Salomé (Marcos 15:40). Quando comparamos estas duas passagens na Bíblia, podemos deduzir que Salomé pode ter sido o nome da mãe de João. Além disso, o Evangelho de João nos relata que Salomé era irmã da mãe de Jesus (João 19:25). Assim João seria primo de Jesus. Não podemos ter certeza disso, porque certamente havia muitas outras mulheres aos pés da cruz durante a crucificação (Mateus 27:55). Muitas pessoas aceitam que Jesus e João eram primos, mas não há certeza absoluta sobre isso.João fazia parte do grupo de discípulos que Jesus convocou às margens do Mar da Galiléia (Mateus 4:21-22 e Marcos 1:19-20). Foi um dos primeiros discípulos chamados. É possível que fosse o companheiro anônimo de André quando aquele apóstolo seguiu a Jesus (João 1:35-37).

OS DISCíPULOS MAIS PRÓXIMOS DE JESUS

Jesus escolheu três discípulos - Pedro, Tiago e João - para estarem especialmente perto dele durante o seu ministério na terra. Por causa de sua posição especial, estiveram com Jesus durante as grandes ocasiões. João, Tiago e Pedro estavam presentes com Jesus na Transfiguração (Mateus 17:1-2, Marcos 9:2 e Lucas 9:28-29). Jesus também levou justamente esses três para a casa de Jairo quando ressuscitou a filha daquele homem (Marcos 5:37, Lucas 8:51). Antes de Jesus ser preso, estava orando com Pedro, Tiago e João no Jardim do Getsêmane (Mateus 26:37, Marcos 14:33). Embora Jesus tivesse ficado zangado com eles por estarem dormindo em vez de orarem, não devemos esquecer o fato de que em seu tempo de grande aflição, quando se preparava para morrer na cruz, Jesus quis que esses três discípulos estivessem perto dele.Há outras ocasiões em que João é mencionado nos Evangelhos. Lucas nos conta que João, que era pescador, ficou muito surpreso quando milagrosamente Jesus fez com que os discípulos apanhassem uma enorme quantidade de peixe (Lucas 5:9-10). Quando o ministério de Jesus estava quase encerrado, a Bíblia nos relata como João, Pedro, Tiago e André perguntaram a Jesus quando chegaria o fim do mundo e qual seria o sinal para esse acontecimento (Marcos 13:3-4). Também durante a última noite em que estiveram juntos, Jesus mandou que Pedro e João preparassem a ceia da Páscoa (Lucas 22:8).

Nenhum comentário:

Postar um comentário