quarta-feira, 29 de julho de 2009

Afinal, quem é esse homem?



Você já notou o número de definições e conceitos diferentes a respeito da pessoa de Jesus Cristo?
Muitas ideologias, filosofias e religiões criam definições das mais bizarras.
Se fôssemos listar todas as opiniões a respeito sobre Jesus, teríamos de escrever um livro.
No entanto, na Bíblia nós encontramos uma versão a respeito de Jesus completamente diferente das filosofias. Comecemos com as declarações de Jesus a respeito dele próprio.


Ele disse que era o Cristo (Messias, Prometido), e o Filho de Deus (Marcos 14:61,62; Lucas 22:70). Eis aqui uma lista dos apelidos que Jesus atribuiu a si mesmo. Ele disse:
Eu sou o pão da vida que desceu do céu (João 6:35,41,48,51);Eu sou a luz do mundo (João 8:12);Eu sou lá de cima (João 8:23);EU SOU antes que Abraão existisse (João 8:58);Eu sou a porta pela qual as ovelhas entram no descanso (João 10:7,9);Eu sou o bom pastor das ovelhas (João 10:11,14);Eu sou a ressurreição e a vida (João 11:25);Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14:6);Eu sou a videira verdadeira, meu Pai é o agricultor, e vocês são os ramos (João 15:1,5);Eu sou o Alfa e o Ômega, (Apocalipse 1:8a; 21:6; 22:13);Eu sou o princípio e o fim (Apocalipse 21:6; 22:13);Eu sou aquele que é, que era e que á de vir (Apocalipse 1:8b);Eu sou o Todo-Poderoso (Apocalipse 1:8c);Eu sou o primeiro e o último (Apocalipse 1:17; 22:13);Eu sou aquele que sonda mentes e corações (Apocalipse 2:23);Eu sou a Raiz da Geração de Davi (Apocalipse 22:16);Eu sou a brilhante Estrela da Manhã (Apocalipse 22:16)Eu sou como quem serve (Lucas 22:27).

Além disso, Ele também disse o que veio fazer no mundo:
Eu vim trazer espada à terra, e não paz (Mateus 10:34);Eu vim causar divisão entre as pessoas da mesma família (Mateus 10:35-39);Eu vim pregar o evangelho da salvação aos perdidos (Marcos 1:38);Eu vim para servir e dar a vida em resgate por muitos (Lucas 10:28);Eu vim lançar fogo sobre a terra (Lucas 12:49);Eu vim em nome do meu Pai (João 5:43);Eu vim de Deus (João 8:42);Eu vim a este mundo para juízo (João 9:39a)Eu vim para que os que não vêem vejam, e os que vêem se tornem cegos (João 9:39b);Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância (João 10:10);Eu vim como luz para o mundo (João 12:46).

Qualquer indivíduo que pensasse isso a respeito de si mesmo seria um maluco! Mas Jesus de Nazaré não era. Por incrível que pareça, Ele não foi preso por estar incitando o povo com uma suposta "mania de grandeza". Ele não foi assassinado por pregar a revolução armada e a queda do governo da época. Os motivos dos seus assassinos foram a inveja, porque não puderam refutar nenhuma das afirmações de Jesus. Mas na verdade Ele mesmo se entregou para ser sacrificado. E isto aconteceu porque Ele disse a verdade. Ele era quem dizia ser: o próprio Deus em carne e osso. Ele veio ao mundo para morrer, levando sobre si os nossos pecados. Sendo assim, Ele é quem a Bíblia afirma que é: o Santo e Justo (Atos 3:14), o bendito e único Soberano, Rei dos reis, Senhor dos senhores (1 Timóteo 6:15). É Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz (Isaías 9:6); é o meu Pastor (Salmo 23); o Rei da Glória (Salmo 24); o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo (João 1:29). Enfim, Jesus Cristo é Deus (João 1:1), e seria impossível escrever todos os nomes maravilhosos que nos ensinam quem é o nosso Senhor Jesus, o Cristo, o Filho de Deus.
Diante disto tudo, só nos restam duas alternativas. A primeira é rejeitar todas estas evidências. Você pode até fazer isso, dizer que nada disso é verdade, e que você prefere o seu sistema, o seu estilo de vida, ou qualquer outra coisa. Neste caso, você está assumindo um risco incalculável. É a sua vida eterna que está em jogo! Sim, porque se você estiver certo, você não perde nada aceitando Jesus como seu Salvador. Mas se você estiver errado, e rejeitar a mensagem de Cristo, você perde tudo - a sua vida, a felicidade eterna e a realização na vida presente. Você perde o céu, a glória de Deus, a comunhão eterna com Deus e com toda a Sua criação, e a reconciliação com a vida.
Portanto, a outra alternativa é infinitamente melhor. Aceite Jesus Cristo como seu Salvador e como Senhor da sua vida. A partir daí, passe a viver em conformidade com a vontade de Jesus, que como Deus, quer apenas o melhor para Seus filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário