quinta-feira, 11 de março de 2010

Uma refutação bíblica sobre alguns dogmas católicos a respeito de Maria a mãe de Jesus.



Caro amigo, não é o objetivo desta esplanação criticar, atacar ou ofender a sua fé conforme o ensino que você recebeu. Queremos apenas esclarecer alguns pontos que divergem do que a Bíblia ensina sobre o cultuar, venerar ou adorar personagens bíblicos.O nosso assunto trata da divergência entre cristãos Protestantes e Católicos Romanos no que diz respeito a posição bíblica de Maria no cenário religioso. Para tanto vamos recorrer tanto à Bíblia como a fontes históricas.Queremos esclarecer que pessoalmente não temos nada contra a mãe do nosso Salvador (a Maria bíblica). É claro na Bíblia a importante posição de Maria dentro do Plano de Salvação que Deus providenciou para a humanidade. Ela era uma jovem judia temente a Deus que O adorava como o Único Deus Verdadeiro e por isso foi escolhida para gerar em seu ventre, por ação direta do Espírito Santo, o Messias prometido como o Único capaz de salvar todo aquele que nEle crer. Portanto, não poderíamos ignorar o seu importante papel dentro dos planos de Deus. O que queremos sim, é questionar de forma inteligente e respeitosa, e bíblica o elevado papel que os homens deram a bem aventurada Maria.São estes pontos de divergência que iremos analisar para que o leitor possa tirar as próprias conclusões. Queremos oferecer ao leitor a oportunidade de conhecer o outro lado da moeda que tem sido ocultado propositalmente da grande maioria dos cristãos. Eis abaixo alguns deles:

1) A Imaculada Conceição de Maria.Dogma oficializado pelo Papa Pio IX em 1854. Ele disse que a "santíssima virgem Maria foi preservada de toda mancha do pecado original no primeiro instante da sua concepção". No século VIII, a igreja na Inglaterra começou a celebrar uma festa da concepção de Maria.Tomás de Aquino (1225-1274), teólogo e doutor da Igreja Católica se opôs a introdução desta festa na França. Vemos, portanto, que mesmo entre os grandes homens da fé Católica houve divergência quanto a este assunto. Vejamos agora o que a Bíblia diz a este respeito: Simplesmente nada!!! É apenas uma doutrina dos homens. A Bíblia diz em Romanos 5:12: "Portanto, assim como por um só homem (Adão) entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram." O amigo leitor pode ver que a Bíblia mostra claramente que o pecado entrou no mundo por meio de Adão e Eva e que todos os seus descendentes herdaram a essência do pecado. Esclarecemos que ao dizer que todos pecaram., a Bíblia, em nenhum, lugar isenta os personagens bíblicos do pecado original. A única isenção que ela faz é em relação ao Senhor Jesus Cristo afirmando que Ele jamais pecou. Olhemos para o livro de Hebreus 4:15: "Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi Ele (Jesus) tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado."

2) A Assunção de Maria.Doutrina promulgada pelo Papa Pio XII em 1950 como necessária para a salvação. Ele declarou: "A imaculada mãe de Deus, a sempre virgem Maria, tendo completado o decurso da sua vida terrena, foi assunta, corpo e alma, para a glória celestial". Não existe base bíblica, apostólica ou pós-apostólica para apoiar esta doutrina. Até o século IV os cristãos celebravam uma festa comemorativa à morte de Maria. Somente no fim do século VII incluiu-se a assunção. Nicolau I por decreto, em 863, oficializou a festa da assunção de Maria. Portanto, vemos somente decisões humanas no sentido de colocar Maria num pedestal em que jamais a Bíblia prevê. É de se estranhar que um fato que seria de suma importância para os cristãos (caso fosse verídico) não tenha sido narrado por nenhum dos apóstolos em suas inúmeras cartas. A Bíblia ignora totalmente este assunto.

3) A Perpétua Virgindade de Maria.É verdade que a Bíblia fala claramente sobre a concepção virginal de Jesus. Quando se achou grávida Maria era virgem e jamais havia se relacionado com um homem. A concepção virginal é uma verdade bíblica incontestável! Porém, dizer que ela continuou virgem depois do nascimento de Jesus não condiz com a verdade bíblica. Para não dizer que nossos argumentos são fundamentados na Bíblia dos protestantes apenas, vejamos o que diz a "Bíblia Mensagem de Deus" de uma editora católica (Edições Loyola): "Acordando do sono José fez como lhe tinha ordenado o anjo do Senhor: tomou consigo sua esposa, mas ele não teve relações com ela até quando deu a luz um filho a quem deu o nome de Jesus" (Mateus 1:24,25). Não vamos discutir se ela teve mais filhos ou não. O fato é que a Bíblia diz claramente que José não teve relações com ela até quando deu a luz a seu filho, Jesus. O termo "até quando" indica claramente que depois do nascimento eles tiveram uma vida conjugal normal.

4) Maria Como Intercessora.Existem alguns pensamentos católicos no que diz respeito a Maria como intercessora pelos homens junto ao Senhor Jesus. Frases como: "Peça a Mãe que o Filho atende" ou até mesmo na Ave Maria que diz: "...santa Maria, mãe de Deus rogai por nós os pecadores...". Como estamos analisando o ensino da Bíblia, vejamos o que ela diz: "Porquanto há um só Mediador (intercessor) entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, o qual a si mesmo se deu em resgate por todos: testemunho que se deve prestar em tempos oportunos" (I Timóteo 2:5,6). Ora, se a Palavra de Deus afirma que só existe um INTERCESSOR como podemos aceitar a opinião daqueles que dizem haver necessidade de mais intercessores como a bem aventurada Maria e até mesmo outros santos?Todo cristão autêntico tem livre acesso à presença de Deus. A Bíblia diz, em Hebreus 10:19,20: "Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santo dos Santos (na presença de Deus), pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne..." Isto significa que o caminho direto a Deus nos foi aberto por Jesus Cristo quando Ele derramou seu sangue na cruz do Calvário. Devemos então chegar até Deus diretamente em nome do Senhor Jesus. O próprio Jesus nos diz que devemos pedir as coisas a Deus no seu nome e não no de qualquer outra pessoa. Mesmo que esta pessoa seja alguém tão importante como Maria. Vemos isto em João 14:13,14: "E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome eu o farei."
Um último esclarecimento se faz necessário quanto a pessoa de Maria. Ela mesmo reconheceu-se como alguém que tinha necessidade de um Salvador. No magnificat lemos as palavras proferidas pelos seus próprios lábios: "Então disse Maria: a minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegrou em Deus, meu Salvador, ..." (Lucas 1:46,47). Analise e veja se temos ou não razão para divergirmos seriamente sobre este assunto de tão relevada importância.

Querido (a) leitor (a), quem está com a verdade? A Bíblia ou os homens? A Palavra de Deus ou a dos homens? Não existem duas verdades sobre o mesmo assunto. Por exemplo: Se uma casa é branca, ela não pode ao mesmo tempo ser preta. Ou é uma coisa ou outra! Com as coisas espirituais é assim também. Ou a Bíblia está certa e os homens errados, ou os homens estão certos e a Bíblia errada. A escolha é sua. Em quem você prefere confiar? Nós confiamos na Palavra infalível de Deus, pois Ele não pode mentir (Tito 1:2).
Pegue a sua Bíblia, confira os textos citados e pesquise as fontes históricas.

domingo, 7 de março de 2010

No dia 06/03/2010, o conferencista Marcelo esteve ministrando a poderosa palavra de Deus na igreja o Brasil para Cristo em Boa Sorte (Barra Mansa-RJ)

ESTA FOI A FESTA DOS JOVENS DA ( JUBRAC ), JUVENTUDE DO BRASIL PARA CRISTO DO BAIRRO BOA SORTE EM BARRA MANSA - RJ.
ESTE CULTO CONTOU COM A PARTICIPAÇÃO DE VÁRIOS MINISTÉRIOS DE LOUVOR, DE DIVERSAS IGREJAS DA REGIÃO, COMO DA IGREJA METODISTA EM BOA SORTE, DA IGREJA BATISTA PENTECOSTAL VALE DAS BENÇÃO DO GOIABAL, DA IGREJA BATISTA MEMORIAL EM BARRA MANSA, ENTRE OUTROS MINISTROS E CANTORES. TAMBÉM ESTEVE MINISTRANDO A PALAVRA DE DEUS NESTA NOITE O CONFERENCISTA MARCELO MELO, QUE NA OPORTUNIDADE PREGOU UMA PALAVRA PROFÉTICA A JUVENTUDE QUE ESTAVA REUNIDA NESTE TEMPLO E QUE AO FINAL DA MINISTRAÇÃO ,DEUS LEVANTOU UMA MULTIDÃO DE JOVENS DISPOSTOS A ACEITAR A VOCAÇÃO MINISTERIAL E O DOM DE DEUS EM SUAS VIDAS E SE ENTREGAR SEM RESERVAS, FOI TREMENDO!
CONFIRA ALGUMAS FOTOS DO EVENTO ABAIXO:


CONFERENCISTA MARCELO MELO MINISTRANDO SOBRE OS JOVENS QUE VIERAM ATÉ O ALTAR.















sábado, 6 de março de 2010

Os três projetos de Deus



Texto base: 1 Co 10.32- Não deis escandalo, nem para judeus, nem para gentios, nem tão pouco para a Igreja de Deus.

Neste texto transcrito acima entemos que Deus sempre trabalhou com três tipos de pessoas, que são ( JUDEUS, GENTIOS, IGREJA DE DEUS). Quando Deus olha dos céus para a terra ele não vê como o homem vê, ele não trabalha como o homem trabalha, ele não vê rico ou pobre, Brasileiro ou Americano não senhor, ele vê os seus três projetos Judeus, Gentios e a Igreja.



  • O Primeiro projeto

Ele se inicia com a criação se Adão e Eva no Jardim do Éden, que foram criados em um estado perfeito e santo ña presença de Deus, porém Adão e Eva não foram fiéis sempre e o pecado entrou no jardim atravéz da transgreção da palavra de Deus.



  • O Segundo projeto

O segundo projeto tem iníco com o chamado de Abrão em Gn.12, Deus começa agora a trabalhar e formar a nação que será a dos Judeus. De Abraão veio Isac e de Isac veio Jacó, de Jacó vem as doze tribos de Israel, desse povo saem 75 almas no período da fome para o Egito e lá esles ficam por 475 anos e agora já são quase 600 mil homens entre crianças, mulheres e adultos.


Deus levanta Moiséis para libertar o povo do Egito, depois Deus levanta Josué para guiar o povo até Canaã, e a povo de Israel começa a conquistar território, começa a crescer ainda mais em número. Deus continua abençoando Israel, dá um rei segundo o coração do homem e dá Saul, depois envia um rei segundo o coração de Deus e dá Davi, de Davi vem Salomão, de Salomão vem Roboão, então as tribos se dividem de um lado Judá e do outro as onze tribos, é tempo então das dinastias de Israel. Deus dá profetas, Deus dá a lei, Deus deu o concerto do Sinai, Deus deu o primogênito, Deus deu o concerto do sabado, Deus foi abençoando Israel e Israel foi ficando tão inchado com tantos presentes de Deus que chegou um tempo em que Israel olhou e disse nós não precisamos mais de Deus, e foi então que o profeta disse: Jesurum Cesceu, Jesurum criou gordura e ficou forte e começou a dar coice.


Ou seja Israel quando estava no segundo projeto de Deus e cresceu e ganhou força se esqueceu de Deus; Hoje também é assim. o que tem de crente que chega na Igreja com a vida desgraçada, com o casamento destruido, com os filhos na drogas, desempregado, aí ele aceita a Jesus vem para a Igreja e Deus começa a abençoar e a dar presentes, aí Deus cura da infermidade, restaura o casamento, abre a porta de emprego, liberta os filhos, aí é só ele crescer um pouquinho compra um terninho caro, um sapato de verniz, e põe um anel de Teologia no dedo e começa a pensar, só eu prego, só eu canto, se eu não pregar nada acontece, toma cuidado meu Irmão, quando Israel pensou que era grande demais Deus ficou 400 anos sem falar com o povo de Israel !!! Na Igreja só tem um que é grande e o seu nome é JESUS !!!



  • O terceiro projeto

Ele se dá início com a Igreja fundada por Jesus Cristo cujo as portas do inferno não prevalecerão contra ela, uma Igreja lavada e remida pelo sangue do cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Meu amado irmão entenda neste momento, assim como Deus teve um projeto na vida de Adão, assim como Deus teve um projeto com a nação de Israel, eu poço lhe afirmar que Deus tem um projeto na sua vida. Não decepsione Deus ele confia em você ele investiu pesado na sua existência e continuará assim enquanto você for fiel a ele. Em nome de Jesus eu profetizo sobre a sua vida que os projetos de Deus irão se cumprir sobre a sua vida! Que Deus lhe abençõe abundantemente.